domingo, 10 de março de 2013

Pedra


Saudade pertinaz
Roubando a hora
Confusa
Com sua vaidade
De falsa paz
Do outrora
Imagem obtusa
Um devaneio
Toca o ventre
De ruptura
Aflito
Entre um seio
E outro
Ode o coração
Escultura
De granito.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, você.